Tuesday, June 2, 2015

Via Sri Prem Baba: Flor do Dia- Flor del Día- Flower of the day 02/06/2015

“Dedique cinco minutos do seu dia para o cultivo do silêncio. Essa é uma prática muito simples que está ao alcance de todos. Cinco minutos divididos em cinco períodos de um único minuto. Escolha os períodos e silencie sempre no mesmo momento. Por exemplo: quando acorda, antes do almoço, no final do dia de trabalho, antes ou depois de uma aula e antes de dormir. Nesse instante de recolhimento você se desliga do mundo lá fora e volta-se para dentro. Seja uma testemunha que observa o que se passa sem se prender a nada. Não se prenda nem mesmo à necessidade de cumprir sessenta segundos. Pode mais ou menos tempo, o importante é lembrar do silêncio.”

“Dedica cinco minutos de tu día al cultivo del silencio. Ésta es una práctica muy simple que está al alcance de todos. Cinco minutos divididos en cinco periodos de un único minuto. Elije los períodos y silencia siempre en el mismo momento. Por ejemplo: cuando te despiertas, antes del almuerzo, al final del día de trabajo, antes o después de una clase y antes de acostarte. En este instante de recogimiento te desconectas del mundo allá afuera y te vuelves hacia adentro. Sé un testigo que observa lo que pasa sin prenderse a nada. No te prendas ni siquiera a la necesidad de cumplir sesenta segundos. Puedes más o menos tiempo, lo importante es recordar el silencio.”

“Dedicate five minutes of your day to cultivating silence. This is a very simple practice that anyone can do. Five minutes divided into five periods of a single minute. Choose when you are going to be in silence and always do this at the same time. For example, when you wake up, before lunch, at the end of your workday, before or after a class, and before you go to sleep. At this time of withdrawal, you detach from the world outside and return within. Be a witness who observes what is happening without holding on to anything. Do not even hold on to the need to get through sixty seconds – it can be more or less than a minute. The key is to remember silence.”